BLOG EDMIL

Pesquisar
Pesquisar

Saiba como cortar gastos desnecessários seguindo estas 6 dicas

Quem não quer guardar um dinheirinho no final do mês? Saiba que muitas vezes a gente consegue poupar o suficiente quando corta gastos desnecessários do dia a dia. E com atitudes simples é possível organizar as finanças pessoais e equilibrar as contas com mais tranquilidade.

Se interessou pelo assunto? Nest post, falamos sobre a importância de cortar gastos desnecessários e, ainda, apresentamos 6 dicas pra te ajudar a mudar hábitos e economizar. Bora conferir!

A importância de cortar gastos desnecessários

Nada melhor do que pagar todas as contas certinhas no final do mês, não é mesmo? Isso ajuda a gente até a dormir melhor e, claro, ficar livre de preocupações. Cortar gastos desnecessários é a saída pra quem quer ficar em dia com as contas e conquistar a saúde financeira pessoal e de toda a família.

Além disso, quando a gente se esforça para economizar, consegue atingir objetivos e realizar sonhos, como a compra de uma Smart TV ou uma viagem que sempre se quis fazer.

Talvez você tenha que mudar algumas coisas e fazer uma renúncia ou outra, mas, no final das contas, encarar a realidade e repensar o desperdício do seu dinheiro é a melhor saída, especialmente se você quer conquistar seus objetivos no futuro.

6 dicas para cortar gastos desnecessários

cortar gastos desnecessários

Aqui estão algumas dicas pra te ajudar a analisar as despesas e administrar melhor o seu dinheiro. Confira já!

1. Identifique gastos fixos e variáveis

Para começar a cortar gastos desnecessários, é bom ficar de olho nas despesas fixas e variáveis. Explicamos melhor o que elas são a seguir:

  • despesas fixas: são aquelas que ocorrem praticamente todos os meses e têm um custo que não muda, como IPTU, seguro do carro ou assinatura de TV a cabo;
  • despesas variáveis: são as que sofrem variação de valores de acordo com o seu consumo, como conta de luz, água e gás.

Essa atitude parece simples, mas é uma boa forma de entender melhor a sua realidade financeira, além de perceber melhor o valor necessário para manter todas as contas em dia. Pode começar de maneira simples. Pegue um papel e uma caneta e registre o valor de cada um dos seus gastos fixos. Depois, estipule um valor médio para os custos variáveis.

Enquanto faz essas anotações, já é possível analisar quais despesas precisam ser reduzidas ou mesmo cortados do seu orçamento. Sugerimos adotar esse hábito de anotar valores fixos e variáveis todos os meses. Afinal, essa é uma boa opção pra avaliar de pertinho o seu orçamento e de toda a família.

2. Aposte na renegociação de dívidas

A renegociação de dívidas é um passo importante para cortar gastos desnecessários. Aqui, inicialmente, é importante entender o quanto você está devendo no momento para, então, conseguir negociar os valores da melhor forma. Ah, não deixe de considerar juros, encargos e taxas.

Depois, dê uma olhada no quanto você pode pagar por mês pra quitar a dívida em questão, sempre considerando seus gastos fixos e variáveis. Essa avaliação é essencial para que você evite assumir compromissos financeiros difíceis de cumprir.

Feito isso, chegou a hora de entrar em contato com a instituição financeira e tentar negociar o pagamento dos valores pendentes. Às vezes, é possível negociar descontos no pagamento à vista, por exemplo, ou conseguir dividir valores com juros justos e parcelas que cabem no seu bolso.

3. Utilize aplicativos

A tecnologia pode ajudar você a cortar gastos desnecessários, sabia? Alguns aplicativos prometem fazer uma gestão financeira eficiente com apenas alguns cliques. Basta colocar seus dados, sincronizar as contas de banco e pronto. O processo é seguro e pode ajudar você a economizar tempo.

Listamos, a seguir, três programas para baixar sem medo. Todos estão disponíveis para Android e iOs. Olha só:

4. Evite o delivery, prefira a cozinha

Delivery é super prático, não é mesmo? Basta uma ligação ou alguns cliques em um aplicativo para receber no aconchego do nosso lar qualquer tipo de comida que a gente quer. É bom, muitas vezes rápido e quebra um galho danado, especialmente naqueles dias em que sentimos a inspiração para cozinhar sumir.

Mas a má notícia é que toda essa comodidade pode não ser vantajosa no final do mês, ainda mais se você tem o costume de pedir sempre. Se a gente for colocar no papel os gastos, costuma ser muito mais barato comprar os ingredientes e cozinhar o prato que você quer comer em casa. Além disso, cozinhar, quando feito em família, pode se tornar um momento super especial.

Isso não quer dizer que você não deva utilizar o serviço nunca. Na verdade, o ideal é se programar para pedir delivery, sempre considerando seus gastos para não se comprometer no final do mês. Talvez seja melhor pedir uma vez a cada 15 dias do que toda semana, por exemplo.

5. Faça uma lista de compras

Uma dica legal pra cortar gastos desnecessários e evitar comprar por impulso é fazer uma lista de compras. Então, antes de ir ao supermercado, dê uma olhada na geladeira e confira os mantimentos da dispensa para saber exatamente o que pegar. Aí, é preciso seguir à risca a listinha pra não cair na tentação e levar para casa mais do que deveria.

6. Tenha cuidado com o cartão de crédito e cheque especial

Por fim, mas não menos importante: tenha cuidado com o cartão de crédito e o cheque especial. Às vezes, a gente acaba usando além da conta porque tem uma sensação falsa de que sobrou um dinheirinho a mais no final do mês.

Parcelar a fatura do cartão de crédito, por exemplo, não é nada aconselhável, pois os juros são altos e podem comprometer o seu orçamento. Pior ainda é pagar apenas o mínimo. A melhor saída é pagar o valor total do cartão sempre. E se for utilizar o cheque especial, é interessante cobrir o valor em sua conta o mais rápido possível.

Este foi nosso post com 6 dicas para te ajudar a cortar gastos desnecessários. Viu como é possível economizar dinheiro e planejar as contas com dicas simples? Acompanhar o seu desempenho financeiro é uma prática que só traz benefícios, tanto para você como para a sua família.

Agora que sabe mais sobre o assunto, aproveite para descobrir se comprar parcelado vale mesmo a pena!

Saiba como cortar gastos desnecessários seguindo estas 6 dicas

Categorias

Leia também

Ofertas pra você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ofertas pra você