BLOG EDMIL

Pesquisar
Pesquisar

Como fazer empréstimo e quando vale a pena? Descubra!

Dizem por aí que mineiro é desconfiado, mas será que, quando o assunto é vida financeira, o empréstimo é mesmo um vilão? É verdade que ele é um dos responsáveis pela alta inadimplência no Brasil, mas é porque as pessoas não sabem como fazer empréstimo do jeito certo — e quando realmente buscar por essa alternativa.

A gente deixou aqui a fama negativa do empréstimo de lado pra mostrar que ele pode, sim, ser um aliado nas finanças pessoais. Quer ver só? Neste post, vamos entender de uma vez por todas o que é, como fazer e quando vale a pena pedir um empréstimo. Não deixe de conferir até o final, porque a Lojas Edmil preparou uma solução pensada em você. Vamos lá?

Afinal, o que é empréstimo pessoal?

O empréstimo é um contrato que você faz com alguma instituição financeira pra pegar um dinheiro emprestado. A ideia é que ela te empreste o valor que você precisa e você devolva tudo depois, em um prazo determinado. Mas, quando devolve, são acrescidos os juros, que “pagam” pelo serviço.

O empréstimo pessoal, então, é uma modalidade que pode ser chamada também de crédito pessoal. As regras, as taxas de juros e os prazos costumam variar, mas o dinheiro emprestado é pra uso pessoal — você pega pra utilizar o valor como quiser.É bom destacar que esse modelo é diferente de outros tipos de empréstimo, porque eles estão, geralmente, vinculados à compra de alguma coisa, como a casa própria, um veículo etc. Afinal, no empréstimo pessoal, você não precisa explicar em detalhes onde vai usar o dinheiro, certo? A gente vai falar daqui a pouco como funciona e quando essa é uma boa opção.

como fazer empréstimo

Como fazer empréstimo na prática?

Olha, é bem simples, viu? Você deve fazer uma simulação pra saber se o empréstimo vai ser aprovado. O nome disso é análise de crédito, e pode ser que você precise fornecer algumas informações. Entre elas estão alguns dados pessoais, como CPF, e comprovantes de renda e/ou residência.

Vale lembrar que a análise de crédito avalia algumas informações suas, pra saber se dá ou não pra conceder o empréstimo. Alguns exemplos são a capacidade financeira de pagamento e o próprio valor solicitado. O processo vai verificar se você paga as suas contas em dia, o seu histórico e o volume de possíveis atrasos. Daí você recebe uma pontuação, que se chama score.

Se o seu score for bom e o seu crédito for liberado, já dá pra conferir os prazos e os juros, tudo direitinho, junto do valor final do contrato. Sim, o valor final vai ser maior que o dinheiro que você pega emprestado, por conta dos juros, lembra? Então, confira as condições do contrato pra não ter surpresas depois.

E quando vale a pena pedir um empréstimo?

Já que o empréstimo não é sempre o malvado da história, quando é que ele se torna uma alternativa vantajosa? Bem, não dá pra desconsiderar que ele é uma dívida que você contrai, mas ela pode ser a melhor saída em algumas situações. Olha só:

  • você pode precisar pagar uma dívida ou algum débito em aberto, pra evitar que o valor cresça, então, pega um empréstimo com juros melhores — é meio que trocar um compromisso maior por um menor;
  • também dá pra você usar o empréstimo pra colocar algum objetivo pontual em prática, como uma viagem, uma pequena reforma em casa ou até a compra de algum objeto de valor mais elevado.

Deu pra notar que tem como fazer empréstimo sem transformar ele em problemas, não é? É possível quitar uma dívida com juros altos, por exemplo, ou ter dinheiro em mãos pra algum imprevisto. Afinal de contas, vai que seu computador estraga de vez e te pega de surpresa ou seu carro precisa daquela manutenção urgente?

O mais importante, aqui, é considerar o empréstimo como uma opção bem estudada e consciente. Não é uma boa ideia usar esse recurso pra compras por impulso, por exemplo, ou pra gastar mais quando, na verdade, você deveria quitar outras dívidas antes.

É bem simples: só pegue um empréstimo se for pra você gastar menos, como no caso de quitação de débitos. Na hora de adquirir um bem, observe também com atenção se você vai estar contraindo só mais uma conta mensal ou se está realmente concentrando seus gastos em algo que é relevante no momento.

Tem como fazer empréstimo na Lojas Edmil?

Chegou o momento da ótima notícia! Agora dá pra pedir seu empréstimo direto na Lojas Edmil, sabia? Pois é, você pode sair da loja mais próxima com o seu dinheiro na mão ou ainda ter o valor depositado na sua conta. O Dinheiro Fácil, que é o empréstimo pessoal das Lojas Edmil foi pensado justamente pra tornar tudo mais simples para os nossos atuais e também para aqueles que ainda não são clientes.

Quer saber mais? Quem já compra com a gente por meio do nosso crediário tem condições especiais! É possível contratar um parcelamento de 3 a 24 vezes, pra pegar de R$ 400,00 a R$ 5.000,00. Bom demais, não acha? Agora, quem ainda não usou o crediário da Lojas Edmil (o que engloba futuros clientes ou clientes que compraram à vista ou no cartão), pode pegar um empréstimo pessoal de R$ 400,00 a R$ 3.500,00.

E o processo é todo aqui mesmo, com a gente. Então é só encontrar a Loja Edmil mais perto da sua casa e ir lá, que o resto a nossa equipe faz. Explicamos tudo direitinho: documentação necessária, detalhes do contrato, taxas de juros, carnê de pagamento etc.

Então, já que você agora sabe como fazer empréstimo e quando ele é bem-vindo, pode contar com a Lojas Edmil pra tornar tudo ainda mais prático e seguro. É só continuar de olho nas nossas dicas de educação financeira, analisar direitinho a real necessidade do empréstimo pessoal e procurar a gente, combinado?

Aproveite sua visitinha aqui no blog e veja também como montar um bom planejamento pra organizar sua vida financeira e realizar sonhos!

Como fazer empréstimo e quando vale a pena? Descubra!

Categorias

Leia também

Ofertas pra você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ofertas pra você