BLOG EDMIL

Pesquisar
Pesquisar

PIS 2023: veja aqui quem tem direito e confira o calendário

O pagamento do PIS 2023 é um momento muito aguardado pelos trabalhadores da iniciativa privada. Afinal, um dinheirinho extra é sempre bem-vindo, não é mesmo?

O pagamento do PIS de ano-base 2021, que deveria acontecer este ano, foi programado para 2023. Com tantos encargos e impostos a serem pagos, vale a pena esperar pelo benefício!

Apesar de o pagamento estar em atraso, ele vai acontecer e todos os trabalhadores que se enquadrem nas regras de recebimento serão contemplados com o valor do PIS.

Que saber se você tem direito ao PIS 2023 e quais são as datas dos pagamentos? Tire suas dúvidas sobre o assunto acompanhando este post!

O que é PIS?

PIS é a sigla pra Programa de Integração Social. Criado no ano de 1970 pela Lei Complementar n° 7/1970, o PIS não é apenas mais um número, mas um benefício pago anualmente pelo governo aos trabalhadores de baixa renda de empresas privadas com o intuito de buscar a integração do empregado com o desenvolvimento da empresa.

O Programa passou por algumas mudanças desde a sua criação: antes de 1988, o pagamento era feito pelo Fundo de Participação PIS-PASEP, um fundo de investimento muito semelhante ao Fundo de Garantia, e em valores proporcionais ao salário e ao tempo de serviço do trabalhador.

A partir do ano de 1988, o PIS passou a ser o Abono Salarial, e é pago como um décimo quarto salário. O valor varia de acordo com o tempo trabalhado com carteira assinada durante o ano base.

Quem tem direito a receber?

O PIS não é um direito que abrange todos os trabalhadores. Para ter direito ao benefício, é preciso se enquadrar nas regras estabelecidas pelo Ministério do Trabalho.

Os trabalhadores que se enquadrem e por algum motivo não estejam recebendo o benefício deverão buscar atendimento e orientação nas agências da Caixa Econômica Federal. Os requisitos pra receber o benefício são:

  • ser trabalhador da iniciativa privada;
  • ter mais de 30 dias de carteira assinada no ano anterior;
  • ter mais de 5 anos de cadastro no PIS;
  • ter tido no ano anterior renda de até 2 salários mínimos;
  • ter tido os dados do trabalhador informados pelo empregador na RAIS de 2022/2021.

Qual é o valor do PIS?

O Ministério do Trabalho em conjunto com o Governo Federal anunciou mudanças no benefício 2023. O trabalhador receberá valor integral do benefício caso sua contribuição trabalhista do ano anterior tenha sido maior que 30 dias.

Mas, para o benefício em atraso, continua vigente a regra do tempo de trabalho. O valor do benefício será 1/12 do salário mínimo segundo os meses trabalhados. Quem trabalhou por 1 mês e 15 dias receberá o valor equivalente a 2 meses, mas quem trabalhou por 1 mês e 14 dias recebe o equivalente a 1 mês.

Confira os valores parciais com base nos meses trabalhados:

  • 1 mês   = R$108,00
  • 2 meses = R$216,00
  • 3 meses = R$324,00
  • 4 meses = R$432,00
  • 5 meses = R$540,00
  • 6 meses = R$648,00
  • 7 meses = R$756,00
  • 8 meses = R$864,00
  • 9 meses = R$972,00
  • 10 meses = R$1.080,00
  • 11 meses = R$1.188,00
  • 12 meses = R$1.294,00
pis 2023

Qual é o calendário do PIS 2023?

O calendário PIS é feito pela Caixa Econômica Federal em conjunto com a equipe econômica do governo Federal. As datas são separadas pra evitar transtornos e tumultos nos períodos de saque, facilitando o acesso rápido dos trabalhadores ao benefício, sem precisar enfrentar grandes e longas filas nas agências bancárias. ‍♀️ ‍♂️

O valor dividido em diferentes meses e diluído facilita o controle do orçamento da união pelo Governo.

Os saques do PIS 2023 estarão disponíveis pra saque até o dia 30 de junho. O calendário oficial do PIS ano-base 2021 ainda não foi divulgado, mas a previsão é que os valores sejam pagos até o início de 2023.

Para conferir as datas e não perder o prazo para o saque do benefício do PIS 2023, fique atento aos canais oficiais do governo e da Caixa Econômica Federal.

Como consultar o PIS?

Pra consultar o PIS 2023 o trabalhador tem duas opções:

  1. Ir até uma agência da Caixa Econômica Federal e retirar o seu extrato com o auxílio de um funcionário da agência bancária;
  2. Acessar o site da caixa.bov.br com o número do PIS e senha pra ter acesso ao extrato PIS.

Fique atento aos golpes e fraudes, nunca passe seus dados pessoais por telefone, e-mail ou WhatsApp. Quando estiver no banco ou lotérica, se precisar de ajuda, procure por funcionário devidamente identificado, não peça ajuda à terceiros.

Quais as regras de recebimento do PIS?

O pagamento do PIS é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal, com recursos do Ministério do Trabalho e Emprego.

Até 2014, o valor era pago até o final do ano, mas, agora, o pagamento é feito entre os meses de Julho e Março do ano seguinte ao ano base.

Para os trabalhadores que possuem contas na Caixa Econômica Federal, os valores são depositados automaticamente em suas contas. Os beneficiários do PIS sem conta deverão sacar os valores em agências da Caixa ou lotéricas portando documento oficial com foto e o seu Cartão Cidadão.

O que acontece com quem não ficar atento ao PIS?

Os trabalhadores com direito ao benefício que não realizarem o saque do valor até a data limite, que é no dia 30 de junho, perdem o direito de fazer o saque e os valores retornam para o Caixa Único da União.

O PIS não é um benefício acumulativo, ou seja, quem não sacar o valor até a data limite do ano não receberá o valor em dobro no próximo ano.

Fique atento aos prazos pra não perder a data de realizar o saque do valor referente ao PIS 2023. Aproveite e já anote também em sua agenda a data limite pra realização do Imposto de Renda.

E você, já sabe o que vai fazer com o valor do seu PIS? Conte pra gente aqui nos comentários quais são os seus planos!

PIS 2023: veja aqui quem tem direito e confira o calendário

Categorias

Leia também

Ofertas pra você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ofertas pra você