Pesquisar
Pesquisar

Trocar colchão: 7 sinais de que está na hora!

Há muito tempo você comprou uma bela cama e um colchão macio e confortável, mas agora está dormindo mal? Provavelmente, já passou da hora de você trocar o colchão. Afinal, mesmo que a gente esqueça, ele tem um prazo de validade, então comprar um novo faz toda a diferença pra nossa saúde!

Neste post, confira quando é preciso fazer essa troca e por que isso é tão importante. Veja também os 7 sinais de que você precisa dispensar o seu antigo colchão. Boa leitura!

Trocar colchão é realmente necessário?

Em primeiro lugar, é importante saber que trocar colchão é sim necessário. Isso porque, mesmo que você só use ele à noite, com o tempo, sua própria estrutura vai enfraquecendo, o que pode colaborar para uma noite de sono bem ruim.

Outro aspecto importante é que, mais do que insônia e cansaço no dia seguinte, você pode acabar com problemas sérios na coluna. Afinal, um colchão desnivelado também prejudica as suas costas. Dessa forma, é muito importante fazer a troca de colchão no período certo.

Nesse caso, a média geral para a validade dele costuma ser entre 7 e 10 anos, dependendo do material. Por exemplo, colchões de espuma tendem a ser trocados após 5 a 8 anos, mas os de mola têm durabilidade maior.

Além disso, é importante saber que essa é só uma média. Ou seja, caso seu colchão passe por algum dano importante, como afundar em alguma parte, o tempo de troca vai ser menor.

Quais são os 7 sinais de que é hora de trocar colchão?

Talvez você durma bem e nem se lembre da vez em que comprou o seu colchão. Mas existem alguns sinais que indicam que é a hora da troca. A seguir, confira 7 deles!

1. Sentir as molas do colchão

Um dos sinais mais óbvios é quando você deita e sente as molas do seu colchão cutucando suas costas. Afinal, o preenchimento que as isola pode estar deformado, o que faz com que você sinta mais esse incômodo.

2. Colchão muito mole ou com menos firmeza

Pensando na estrutura do colchão, tem pessoas que gostam de opções com maior ou menor densidade.

Porém, quando você sente que o seu que era mais firme está muito mole, ou se seu corpo fica marcado na peça por muito tempo, é sinal de que está na hora de trocar colchão.

Afinal, ele pode fazer você “afundar” na cama, o que ajuda a alterar a postura para dormir e causar dores no dia seguinte.

3. Preenchimento se deslocando

O colchão precisa ser nivelado por igual. Ou seja, deve ter o preenchimento completo para sustentar o seu corpo. Por isso, se você perceber que uma parte dele já “afundou” e que o preenchimento se deslocou lá dentro, é outro sinal de que ele precisa da troca.

Assim, pra saber se tudo está certo, de tempos em tempos apalpe o colchão e verifique se ele tem uma superfície regular.

4. Incidência de crises alérgicas

Se é impossível dormir bem com espirros e nariz entupido toda vez que você se deita, esse é um sinal de que o problema pode ser exatamente o colchão.

Afinal, mesmo uma boa higienização pode não ser suficiente para eliminar resíduos e ácaros que estão nas camadas da peça.

5. Dificuldade pra dormir

Insônia e dormir mal são problemas que devem ser investigados. Mas o colchão também é um fator que pode influenciar eles, afinal, quando está com um grande desgaste, isso pode impedir que o corpo relaxe adequadamente.

Assim, além de uma noite mal dormida, você pode ganhar irritabilidade e cansaço no dia seguinte.

6. Dores na lombar

Outro sinal para ter atenção à saúde são as dores na lombar e em outras regiões da coluna. Isso porque elas podem indicar desvios e outras condições.

Nesse caso, avaliar o colchão também é muito importante. Afinal, se você sente dores relacionadas ao período em que fica deitado nele, esse pode ser o maior problema. Se for isso, basta trocar o colchão para melhorar.

7. Barulho no colchão

Todo colchão de mola faz um pouco de barulho. Só que, se toda vez que você se vira ele range, pode haver um problema. Nesse caso, provavelmente as molas se desgastaram demais e não estão conseguindo segurar a estrutura da peça. Assim, este é mais um indício de que está na hora de trocar o colchão.

O que considerar na hora de trocar o colchão?

trocar colchão

Agora que você conhece os principais sinais para trocar colchão, confira algumas dicas para escolher a melhor opção!

Compre um colchão do tamanho certo

É essencial que o colchão se adapte ao tamanho da sua cama, não só pela estética, mas também pelo conforto.

Afinal, um colchão king numa base para cama queen não vai dar certo. Por isso, tenha atenção a este aspecto. Aliás, se a base da cama também não estiver boa, procure trocar junto com o colchão.

Opte por um bom material e revestimento

Quanto melhor for o revestimento do colchão, mais durável ele vai ser. Por isso, pesquise as opções na loja e saiba qual é mais resistente.

Além disso, considere o material do colchão, se é de espuma ou mola, e também sua densidade para saber qual é melhor. Ah, e sem medo de testá-lo na loja!

Considere sua altura e peso

Outro fator pessoal que influencia na hora de trocar colchão é o peso. Por isso, se você mudou nesse aspecto, um novo colchão pode ser necessário. Assim, ele vai sustentar melhor o corpo.

Além disso, a altura também importa, especialmente para crianças em desenvolvimento. Ou seja, se seu filho cresceu na adolescência e passou do tamanho padrão do colchão, considere a compra de um mais adequado.

Siga a recomendação médica

Se você já tem problemas na coluna, a compra de colchão precisa de ainda mais cuidado. Nesse caso, considere as indicações médicas pra fazer uma boa escolha e compre uma peça de qualidade. Afinal, já diz o ditado que o barato sai caro.

Verifique o selo do Inmetro

É essencial verificar se o colchão passou por testes de qualidade. Para saber disso, você pode observar os selos de aprovação que ele tem, como o do Inmetro. Outro aspecto importante é verificar se o próprio fabricante tem um sistema de qualidade e como ele funciona.

Nós nos deitamos nele todos os dias, mas às vezes esquecemos de que tem um prazo de validade. Por isso, de vez em quando é preciso trocar o colchão. Nesse caso, é essencial respeitar seu prazo máximo de validade, além de verificar os sinais que a peça dá. Depois, é só seguir nossas dicas e procurar um bom lugar, como a Lojas Edmil, pra encontrar várias opções de colchão. Assim, vai achar o melhor e poderá dormir com conforto e qualidade.

Quer conhecer todos os modelos que temos pra você? Acesse nosso site e conheça cada um deles!

Trocar colchão: 7 sinais de que está na hora!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ofertas pra você