BLOG EDMIL

Pesquisar
Pesquisar

8 espécies de plantas suspensas para ter na sua casa

A decoração é um recurso ótimo pra deixar a casa mais aconchegante, bonita e organizada, não acha? Pra quem curte um ambiente mais natural, inclusive, dá pra apostar nas plantas suspensas. Já viu como fica legal?

Se você tem vontade de adotar esse estilo de decoração mais “natureza”, mas não sabe como acertar, a gente pode dar algumas dicas. Dá pra colocar as plantinhas em diferentes espaços, e vamos mostrar quais são as principais espécies que se dão bem em casa.

Acompanhe!

O que são plantas suspensas?

As plantas suspensas são aquelas que crescem e se desenvolvem em recipientes elevados, como cestas ou vasos pendurados. Essa técnica permite que as espécies cresçam verticalmente, criando um visual único e atraente.

Essas plantas são populares em decoração de interiores e jardins, pra deixar um toque verde e elegante em qualquer lugar. Mas, muita atenção: o cultivo desse tipo de planta muda dependendo de cada espécie, já que algumas ficam melhores, por exemplo, com luz natural indireta, enquanto outras precisam receber luz direta.

Quais as 8 principais espécies de plantas suspensas pra ter na sua casa?

Pra dar aquele efeito legal de planta suspensa, existem algumas espécies mais apropriadas que você pode utilizar na sua casa. E, pra não deixar nenhuma dúvida, listamos aquelas que podem dar um toque especial na sua decoração!

1. Samambaias (Nephrolepis exaltata)

As samambaias são plantas suspensas clássicas, conhecidas por suas folhas delicadas e exuberantes. Elas se adaptam bem a ambientes internos e preferem luz indireta, viu? São ótimas pra purificar o ar, tornando-as uma escolha saudável pra ambientes fechados. Mas, cuidado! Elas exigem rega frequente e alta umidade.

2. Hera (Hedera spp.)

As heras são plantas suspensas de crescimento rápido, ideais pra cobrir superfícies verticais ou pendurar em vasos. Elas apresentam folhas brilhantes e variadas, sendo uma opção estilosa pra decoração. Além disso, podem crescer tanto em ambientes internos como externos e se adaptam bem à luz indireta. A rega deve ser moderada. ️

3. Cacto-macarrão (Rhipsalis spp.)

Apesar de não serem tão comuns, você pode utilizar esse tipo de cacto, especialmente pelas suas hastes pendentes e textura única. Essa planta é nativa de florestas tropicais e prefere luz filtrada. Sua rega deve ser moderada, permitindo que o substrato seque entre as regas e o cacto continue vistoso.

4. Jiboia (Epipremnum aureum)

Essa é uma das plantas suspensas mais populares, graças à fácil manutenção e ao crescimento rápido. Suas folhas têm formato de coração e colorações variadas, fazendo com que o visual do ambiente fique bem despojado. Um ponto positivo é que ela tolera condições de pouca luz, perfeita pra espaços com iluminação limitada. Já a rega deve ser moderada, evitando o excesso de água.

5. Trapézio-roxo (Tradescantia spp.)

Essa planta suspensa tem folhas coloridas e delicadas e é bem resistente e fácil de cultivar, preferindo luz indireta — uma alternativa para decoração aconchegante. Mas ela é capaz de se adaptar a diferentes condições de luz, lembrando que a rega deve ser moderada.

6. Peperômia (Peperomia prostrata)

A peperômia tem folhas pequenas e arredondadas, que lembram moedinhas. Ela é adequada pra pendurar em vasos ou cestas e cresce menos que outras plantas suspensas. Gosta de luz indireta e rega moderada, e é uma boa alternativa pra ambientes internos com menos espaço pra pendurar plantas.

7. Jade (Crassula ovata)

Uma das suculentas mais populares, a Jade tem caules pendentes e folhas carnudas em forma de gota. Ela é resistente e fácil de cuidar, preferindo luz solar direta. A rega deve ser esporádica, pois essa planta consegue armazenar água em suas folhas e dar um toque tropical aos espaços suspensos.

8. Columélia (Aeschynanthus spp.)

Essa planta suspensa tropical é conhecida por suas flores tubulares vibrantes em cores como vermelho, rosa e laranja. Suas folhas também são brilhantes e atraentes, e ela prefere luz indireta e ambientes com alta umidade.

Como colocar as plantas suspensas na decoração de casa?

Se você quer colocar plantas suspensas em casa, precisa ter alguns cuidados na hora de escolher o local e, claro, para manter elas sempre vivas e bonitas no dia a dia. Veja só!

Escolha as espécies adequadas

Antes de suspender suas plantas, identifique as espécies que melhor se adaptam ao ambiente escolhido. Algumas delas, como samambaias e heras, dão mais certo em ambientes internos com luz indireta, enquanto outras, como cacto e jade, preferem luz solar direta. ☀️

plantas suspensas edmil

Use os vasos e cestas próprios

Você deve escolher vasos ou cestas suspensas que permitam o bom desenvolvimento das raízes das plantas. Certifique-se também de que os recipientes escolhidos tenham furos de drenagem pra evitar o acúmulo excessivo de água, porque isso pode apodrecer as raízes.

Coloque o substrato certo para as plantas

Cada espécie de planta suspensa tem necessidades específicas de substrato, sabia? Por isso, plante as mudas no substrato adequado pra cada espécie. Além disso, um substrato bem drenado é essencial pra evitar o excesso de umidade.

Faça as regas para controlar a umidade

Falando nisso, você deve ter notado que é importante conhecer as necessidades de rega de cada espécie também. Algumas plantas suspensas preferem solos mais úmidos, enquanto outras preferem solos mais secos. Se precisar, coloque na sua agenda alarmes que lembrem você do dia certo pra regar cada plantinha. ⏰

Posicione conforme a luz natural

A decoração precisa ficar bonita, mas posicione suas plantas suspensas conforme as necessidades de luz de cada espécie, ok? Se necessário, vale colocar seus vasinhos pra pegar luz e sol em algum outro ponto da casa de vez em quando, só pra elas não perderem o aspecto saudável das folhas.

Coloque um suporte seguro

Escolha um suporte seguro e resistente pra suspender as suas plantas, viu? Verifique se ele consegue suportar o peso do vaso ou da cesta suspensa, especialmente quando a planta atingir seu tamanho máximo. Isso evita surpresas desagradáveis, como chegar em casa e ver sua planta no chão, com terra pra todo lado!

Realize a poda e a manutenção

Também é preciso fazer podas regulares pra manter o crescimento exuberante e o formato desejado de suas plantas suspensas. Remova folhas ou caules danificados e faça a limpeza daquelas secas ou mortas. Além disso, observe sinais de pragas ou doenças pra tomar medidas preventivas.

Quando você for suspender as suas plantas, monitore regularmente seu crescimento ou aparência. Isso ajuda a acompanhar as necessidades de rega, luz e umidade, ajustando os cuidados pra realidade da sua casa. Agora, se quiser começar de um jeito mais fácil, pode apostar nas plantas suspensas artificiais, que dão o mesmo efeito e não precisam de cuidados.

Gostou das dicas pra deixar sua ainda mais bonita e arrumada? Então, acompanhe as nossas redes sociais pra não perder outros conteúdos — é só seguir a gente no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube!

8 espécies de plantas suspensas para ter na sua casa

Categorias

Leia também

Ofertas pra você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ofertas pra você