Pesquisar
Pesquisar

Qual é a diferença entre MDP e MDF?

Nada melhor do que dar aquela renovada nos ambientes da casa comprando alguns móveis novos, não é mesmo? Afinal, ter conforto e praticidade pra realizar nossas atividades do dia a dia impacta a qualidade de vida e o bem-estar.

No post de hoje, vamos abordar um assunto que gera bastante dúvida quando estamos pesquisando móveis novos, seja pra sala, cozinha, quarto ou escritório. Qual é a diferença entre MDP e MDF?

Sabemos que ambos os materiais são usados para fabricar móveis à base de madeira, mas será que não é tudo a mesma coisa? Como são a durabilidade, a resistência e as outras características dos móveis que contam com esses materiais? Qual é o mais caro? E qual tem melhor acabamento?

É o que vamos explicar a partir de agora. Continue acompanhando pra tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Fabricação do MDP e do MDF

Tanto o MDP quanto o MDF têm como origem a mesma matéria-prima: madeiras de florestas plantadas especificamente com essa finalidade. Por esse motivo, podem ser considerados sustentáveis. 

No entanto, a maneira como o MDP e o MDF são produzidos faz muita diferença no resultado final.

Mas calma: isso não significa que um seja melhor que o outro. O que acontece é que cada um apresenta características próprias. Ou seja, é preciso atenção na hora de escolher um móvel novo, pra não sair prejudicado em relação à funcionalidade e durabilidade.

Um ponto legal de se ter em mente é que o MDP e o MDF podem ser utilizados sozinhos ou em uma combinação entre os dois, no mesmo móvel. Bacana, né?

A seguir, saiba mais sobre o processo de fabricação deles.

MDP

O MDP (Partículas de Média Densidade) é constituído de 3 camadas de partículas de madeira trituradas e aglutinadas (uma mais grossa no meio e duas mais finas nas superfícies). Quando observamos a parte interna do MDP, conseguimos ver os pequenos pedaços de madeira triturada.

Um ponto importante: algumas pessoas confundem o MDP com um material antigo, chamado aglomerado. No entanto, não são a mesma coisa!

Neste, as partes de madeira trituradas eram de tamanho maior, o que causava o esfarelamento da peça. No caso do MDP, a tecnologia permite que o processo de fabricação seja mais refinado e, por consequência, de melhor qualidade.

MDF

O MDF (Fibras de Média Densidade) é composto a partir da aglutinação de fibras de madeira junto à resina sintética, o que resulta em um acabamento mais uniforme. Além disso, sua produção possibilita que ele seja cortado em qualquer sentido, sendo perfeito pra aplicações em acabamentos.

O MDF tem uma fabricação mais complexa, o que vai refletir no preço final do produto. A vantagem é que um acabamento feito com MDF fica com uma aparência incrível!

Diferenças entre MDP e MDF

diferença entre mdp e mdf

Até aqui, você já entendeu bastante sobre o que é o MDP e o MDF. Agora, vamos explicar um pouco sobre a desvantagem e a vantagem de cada material. Lembrando que o que deve ser levado em conta é a utilização de cada um, certo?

Durabilidade

Se você vai adquirir um móvel agora, mas pode ser que no futuro tenha de desmontá-lo e remontá-lo, talvez valha a pena investir no MDP. Isso porque ele é mais resistente ao manuseio frequente. Outra vantagem é que ele é mais leve, o que facilita bastante o transporte.

Consumo de madeira

Como o MDP é bem mais leve, podemos entender que ele conta com menos madeira em seu processo de fabricação. Dessa forma, se torna um produto ainda mais alinhado às preocupações atuais com o meio ambiente, já que requer um uso menor de matéria-prima em seu processo de fabricação. É a tecnologia agindo a favor dor recursos naturais.

Resistência

A composição do MDF é bem-elaborada, isso acarreta um material mais uniforme e pesado. Por esse motivo, podemos dizer que se torna mais resistente, sendo ideal pra móveis que servirão de sustentação de muito peso.

Sustentabilidade

Como comentamos, as madeiras empregadas na fabricação do MDP e do MDF são provenientes de florestas plantadas e cultivadas especificamente com esse objetivo. Então, uma boa notícia é que as fábricas já estão conscientes do seu papel com o meio ambiente, evitando o desmatamento e buscando a sustentabilidade.

Absorção da umidade

Devido ao seu processo de produção, o MDP é mais resistente a empenamentos e também à umidade e ao calor. Então, vale ficar de olho nessa característica quando for comprar móveis pra cozinha, área de serviço e banheiro, por exemplo.

Camadas

O MDP conta com três camadas de madeira triturada. As extremidades da peça são mais finas e resistentes, e o interior é mais grosso e maleável.

Já o MDF se apresenta em forma de peça única, com um aspecto bem uniforme.

Possibilidade de aplicação

Já comentamos ao longo do post que tanto o MDP quanto o MDF são materiais de excelente qualidade. Então, vamos conferir quais são as possibilidades de aplicação de cada um.

MDP

O MDP é mais recomendado pra componentes retos, como portas, prateleiras, tampos e até mesmo partes estruturais de móveis. Por isso, sua utilização é bem comum em armários de cozinha, guarda-roupas e painéis de TV.

MDF

Já o MDF é ideal em peças mais curvas e com acabamento diferenciado. É comum notarmos o uso do MDF em cabeceiras de berços e camas e em outros móveis com peças mais trabalhadas. Como tem um excelente acabamento e é mais pesado, fica ótimo em mesas de jantar.

Ao longo deste conteúdo, você ficou por dentro das diferenças entre MDP e MDF. Como explicamos, os dois materiais são de ótima qualidade, mas a utilização pelas fábricas varia de acordo com a utilidade do móvel e o acabamento desejado.

Ou seja, se você quer dar aquela renovada na casa ou até mesmo pensa em como decorar uma sala pequena, não deixe de considerar as informações que apresentamos aqui.

Quer ficar por dentro de outras dicas legais como as que trouxemos aqui? Assine a nossa newsletter e receba nossos conteúdos diretamente em sua caixa de e-mail!

Qual é a diferença entre MDP e MDF?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ofertas pra você